Notícias

19/07/2018 - Notícia

“Ainda há chance de general Heleno ser vice de Bolsonaro”, diz presidente do PSL

Sobre a noticiada recusa do PRP em fechar acordo que incluísse o general Augusto Heleno como vice de Jair Bolsonaro, o presidente nacional do PSL, Gustavo Bebianno, declarou a O Antagonista:

“Não houve nenhuma conversa do PSL com o PRP. O que houve foi uma conversa interna de membros do PRP. O PSL nem sequer sentou para conversar com esse partido. Eu nunca estive com o [presidente nacional do PRP] Ovasco Resende. A imprensa bota, mas nem sequer houve conversa. Existe ainda chance de o general Heleno vir? Existe. Porque essa conversa ainda vai existir. Ele até poderá estar fora da chapa, mas jamais estará fora do projeto que temos para mudar o Brasil, elevando-o ao patamar merecido. General Heleno é e continuará a ser a nossa vice-liderança. Trata-se de um brasileiro de verdade, disposto a se doar, e não em enriquecer às custas do povo. A biografia do general fala por si só. É um orgulho estar ao lado dele.”

O Antagonista perguntou se houve precipitação por parte dos envolvidos na pré-campanha de Jair em sinalizar o anúncio do general Heleno como vice.

“Houve precipitação. É humanamente impossível controlar muita gente. Nós estávamos em Registro, no interior de São Paulo. Fomos na terça e voltamos ontem [quarta]. E esse jantar do PRP foi em Brasília, na noite de quarta, não tinha ninguém do PSL. Houve algo nesse jantar que fez desandar [um eventual acordo]. Ainda vou descobrir o que foi.”
 

Fonte: O Antagonista, por Felipe Moura Brasil (Leia na íntegra aqui).